OUÇA A NOVA MÚSICA DE TRABALHO DO AMADO

Olá amigos leitores do Blog Amado Batista o Eterno Seresteiro.
Confira a nova música de trabalho do novo CD do Amado Batista. “Ritmo da Chuva” é a primeira música a ser liberada por completa na internet. Confira no vídeo abaixo.

O NOVO CD E DVD DE AMADO BATISTA

lol

Já está a venda em todo Brasil um dos trabalhos mais diferentes e especiais dos 39 anos de carreira do nosso eterno seresteiro. Com 10 regravações de grandes clássicos da verdadeira música popular Brasileira, “O Negócio da China” mostra o Amado Batista que todos nós conhecemos e aplaudimos há tantos anos, o romantismo das belas letras e melodias que marcaram uma geração estão presentes no 32° disco do Amado.

Quatro canções inéditas também fazem parte deste belo trabalho. Para os jovens de hoje em dia o CD pode ser considerado inédito por completo, para os que conhecem e apreciam a boa música, Amado presenteou-nos com este CD que sem dúvida, será um marco na carreira de
Amado Rodrigues Batista.

A música “O Negócio da China”, que dá título ao disco, é outra canção que promete fazer um grande sucesso em todo país.

O NOVO CD

NOVO CD - AMADO BATISTA

MÚSICAS

(Clique e ouça a música original)

1. O Negócio da China (Inédita)
2. Que Saudade (Inédita)
3. Louco de Amor (Inédita)
4. Três Marias (Inédita)
5. Viola Cabocla (Tonico e Tinoco)
6. Quarto de Mansão (Paulo de Paula)
7. Feiticeira (Carlos Alexandre)
8. A Rua que você Morava (Gilberto Lemos)
9. Quero Você (Alípio Martins e Carlos Santos)
10. Amor Antigo (Rony Cardoso)
11. Castelo de Sonhos (Walter Basso)
12. O Ritmo da Chuva (Demétrius)
13. És meu Amor (Jerry Adriani)
14. A Raposa e as Uvas (Reginaldo Rossi)

+ Capa de Revista (Pedro Paulo)

Confira um trecho de uma das novas músicas:

http://www.RadioDifusora.com.br:

“Negócio da China” é a primeira música a ser trabalhada nas rádios. Além desta, o projeto reúne outras três inéditas. Uma delas, escrita por ele e seu inseparável parceiro e produtor Reginaldo Sodré, vem a calhar neste ano eleitoral. Trata-se da canção de protesto “Que saudade (Todo o Congresso)”. “Faço uma relação entre meu tempo de criança, quando trabalhei na roça e aprendi muitos valores morais, com os tempos atuais. Hoje em dia, a criança e o adolescente não podem trabalhar, mas podem ficar na rua fazendo coisa errada”, reforça. “Por isso, na letra sugiro aos congressistas que revisem o Estatuto da Criança e Adolescente”. As outras inéditas do projeto são as românticas “Louco de Amor”(Amado e Reginaldo) e “Três Marias” (Xandó).

O repertório do CD é completado por 11 regravações de sucessos dos anos 70 e 80 nas vozes de outros artistas. “Quis homenagear cantores que estouraram nacionalmente naquele período. Nem todos mantiveram-se na ativa, mas achei que deveria destacar a importância que tiveram naquela fase”, justifica. A lista inclui “Viola Cabocla” (gravada por Tonico e Tinoco e Tião Carreiro e Pardinho), “Feiticeira” (primeiro hit de Carlos Alexandre), “Ritmo da Chuva” (principal gravação de Demétrius), “És Meu Amor “(Jerry Adriani) e “Quero Você” (cujo compacto, lançado pelo paraense Carlos Santos, alcançou um milhão de cópias em vendas).
A lista de regravações inclui ainda “Castelo dos Sonhos” (Walter Basso), “A Rua Em Que Você Morava” (Gilberto Lemos), “Quarto de Mansão” (Paulo de Paula), “Amor Antigo” (Rony Cardoso), “Capa de Revista” (Pedro Paulo) e “A Raposa e As Uvas”, de Reginaldo Rossi.

UM “ATÉ LOGO”…

Meus queridos leitores e, porque não dizer, amigos: depois de um longo tempo sem atualizações, finalmente consegui um tempo para escrever-lhes o artigo de número 700 com uma importante notícia: estou suspendendo as atualizações deste blog por tempo indeterminado.

Tentei de todas as maneiras manter o blog em dia. Sei da importância deste espaço e sempre quis fazer dele o melhor possível. No entanto, alguns transtornos do dia a dia, me impeliram a abandonar a página aos poucos, sem que – por fim – eu conseguisse cumprir com meus próprios prazos.

Eu poderia prosseguir postando textos rasos uma vez a cada um ou dois meses, mas não acho justo desrespeitá-los desta forma. A uma página que sempre teve como preocupação a qualidade dos textos, das imagens e das novidades, não convém esse decréscimo de qualidade.

Por estas e outras, estou encerrando as atualizações do Blog Amado Batista o Eterno Seresteiro. Mas deixo claro: a página continuará no ar, como uma pequena enciclopédia de textos sobre o artista mais amado do Brasil, um depositário de informações muito úteis (creio eu), para aqueles que não conhecem, ou que querem aprender mais sobre Amado Batista.

Também esporadicamente, pode ser que eu reapareça com algum novo texto especial, ou ainda com algum material de interesse, que não me demande muito tempo e maior compromisso com as atualizações da página.

Por fim, é preciso que eu agradeça às centenas de milhares de visitas que esta página teve durante seus quase 3 anos de existência. Este blog, sem sombra de dúvidas, marca um ponto importante na carreira de Amado Batista, principalmente pela forma com que seus fãs interagiram sempre, e pela credibilidade que até o próprio Amado Batista reconheceu. É uma pena que eu não possa dar continuidade a este trabalho, mas saio dele satisfeito com a repercussão alcançada e com o grande número de novos amigos que fiz,  bem como de inéditas informações que recebi.

Como já disse, nada me priva de retornar ao Eterno Seresteiro vez por outra. Sendo assim, não os direi “adeus”, mas apenas um “até logo”. E um muito obrigado por tudo, mais uma vez.

Grande abraço à todos.

Maicon Rigon

Ofuxico entrevista Amado Batista, confira:

Em seus 37 anos de carreira, Amado Batista já fez os fãs se emocionarem com suas canções que falam de amor e paixão. Músicas como No Hospital, Menininha meu Amor, Cigana, entre tantas outras, já embalaram muita gente em seus momentos de namoro ou até mesmo de solidão. Mas não foi fácil chegar a marca de 27 milhões de discos.

Em conversa com O Fuxico, Amado Batista contou sobre seu começo, as coisas que conquistou e até confessou gostar de novelas e sugeriu um fim para a malvada Carminha, de Avenida Brasil. Confira!

OFuxico – Você acaba de chegar à marca dos 27 milhões de discos vendidos?

Amado Batista - Isso é por conta de todo carinho do publico, das pessoas que me ajudaram, que me divulgam, como vocês do site!

OF - Foi fácil começar essa cerreira de sucesso?

AB - Foi difícil até provar do que eu era capaz e queria fazer. Meu primeiro disco, por exemplo, não aconteceu nada (risos). Era um compacto duplo com quatrpo músicas, sendo três minhas e uma regravação de um clássico sertanejo. Nada rolou.  Foi a partir do segundo disco, onde fiz a parceiria com Reginaldo Sodré, com quem mantenho até hoje, que gravei Tarde Solitária e Ironia do Destino. O disco estourou!

OF - Como se chama o novo disco?

AB – Chama-se Amor meu Louco Amor. Este disco já tenho divulgado há dois anos, cada vez com uma canção. Primeiro foi o sucesso Desligue a Luz e o Telefone. Depois trabalhei Hei, Amor meu Louco Amor e agora a música de trabalho é Diz pra sua Amiga.

OFDo que se trata?

AB - De amor, da saudade de quem foi abandonado por seu amor. E aí ele pede ajuda para voltar, para ter sentido na vida.

OFE como está a receptividade deste trabalho?

AB - Já vendemos 200 mil cópias!

OFAmado Batista está casado?

AB – (risos) Não, Amado Batista está solteiro! E há muito tempo estou assim, há cerca de 20 anos estou solteiro, mas namoro bastante (risos). Acho que casamento… não aconteceu ainda.

OFQual foi a música de sua autoris que você pode dizer que teve uma interpretação memorável?

AB – Uma das minhas músicas que é mais gravada é Meu Ex Amor. Para dizer a mais bem regravada é difícil, pois muita gente já gravou canções minhas. Leonardo, por exemplo, regravou Alucinação, no ano passado, e fez o maior sucesso. Não sei escolher “o melhor’.

OFQual o momento mais marcante da sua história?

AB - Com certeza foi a emoção de gravar meu primeiro disco, depois a emoção de conseguir fazer sucesso. Quando gravei a música No Hospital, ganhei 28 discos de ouro e 28 de platina e tive a honra de ter o disco de diamante, criado pelo Chacrinha, que criou este disco para poder me entregar, pois ele dizia que com tamanho sucesso, já havia ganhado ouro, platina e tuido mais, tinha de haver algo acima disto e ele criou o disco de diamante. Eu fui o primeiro a vender um milhão de cópias,depois o Roberto Carlos.

OFO que gosta de assistir na tevê?

AB - Jornalismo, shows e novelas.

OF - Já que gosta de novelas, você assiste Avenida Brasil?

AB – Sim, gosto muito.

OF - Então, que final você daria à Carminha?

AB – Acho que ela devia voltar para o lixão, ter uma vida difícil igual quando criança. Já com Tufão, o filho e a Nina, eles deviam ter tudo de bom, uma vida linda para compensar tanto drama, trauma, tanta dor que passaram por causa da Carminha.

OFO que falta na televisão?

AB – Musical. É o tipo de programa que não tem mais. A gente vê programas de variedades que apresentam um ou outro artista cantando, mas tipo o programa do Chacrinha, do Bolinha, Barros de Alencar, na Band tinha A Grande Parada, só de música, assim, nesse estilo, não tem mais e acho que faz falta na tevê.

OFDa nova geração, quais cantores você admira?

AB – Ah, tem muitos, todos bons. Posso citar alguns, tipo Gustavo Lima, Eduardo Costa, Jorge e Mateus, paula Fernandes, Victor e Léo. Muitos outros.

OFCom quem gostaria de gravar uma musica e ainda não fez?

AB – Não tenho essa coisa. Olha, esse ano participei do DVD do Leo Magalhães, do Raça Negra, do Frank Aguiar, Serginho Pinheiro. MAis recentemente gravei com Joelma,do Calypso, a música tema da novela Balacobaco (Record) que se chama Quem Ama Não Esquece. Ficou muito bonito!

OFQuem você gostaria que gravasse um sucesso teu?

AB - Roberto Carlos. E ele bem podia gravar comigo, heim? (risos)

OF - Se você não fosse cantor, o que seria?

AB – Juro que não sei, não tenho nem ideia. Talvez médico, para poder ajudar as pessoas. O cantor até tem essa parte de ajudar. O cantor é um pouco psicólogo das pessoas.

OF - Uma saudade?

AB – Da minha mãe, ai que saudade, dona Joana Batista. Vem daí meu nome!

OF - QUal foi a melhor abertuira de novela que você já viu e ouviu?

AB – Gostei demais da abertura de  A Favorita, com aquele tangho estilizado. Avenida Brasil é bem interessante também, aquele gingado todo.

OFQual foi a canção mais difícil de compor?

AB – Fiz uma agora que se chama Amor. Ela me emociona muito, não gravei ainda, me emociona muito e acabo não conseguindo. Acho que quando gravar ela vai fazer muito sucesso.

OFPor que ela te emociona tanto?

AB – Porque fala de um bom relacionamento de namorado ou esposa, fala da vida desses dois. A música nem sempre emociona, muitas falam bobagem. Essa fala de um amor lindo, maravilhoso é difícil conseguir gravar pois tem palavras que emocionam muito.

OFTem algum livro de cabeceira?

AB - Já li muito, mas hoje, não tenho nenhum que possa dizer que estou lendo.

OF - Tem medo de algo?

AB – De uma coisa que não adianta ter medo. Da morte./

OFConta alguma saia justa pela qual você já passou?

AB – Uma vez, no meu camarim do show que estava fazendo em São Miguel Paulista, uma fã caiu do teto. Ela teve a sorte de cair em cima do sofá. Foi um susto muito grande, mas graças a Deus ela não se machucou.

Entrevista feita pelo site “Ofuxico”

Amado Batista na trilha sonora de “Balacobaco”

“Balacobaco” é o nome da nova novela da Record que já promete sucesso. O popular ditará o ritmo da trilha sonora de “Balacobaco”, desde a abertura, que já tem cinco ou seis opções em avaliação, até as direcionadas para cada um dos personagens.A banda Caviar com Rapadura, Calypso, Amado Batista, sertanejos e o charme, ritmo que embala “Avenida Brasil”, já têm espaços garantidos.

Flávio Ricco

Confira as outras telenovelas que contaram com a voz de
Amado Batista em sua trilha sonora.

AMADO BATISTA – NOVOS SHOWS

Foram agendados novos shows com nosso Amado Batista
para os próximos meses, confira:

13/10 – Show em Videira – SC
04/11/2012 – Show em Lambari D’ Oeste – MT
09/11/2012 – Show em São Vicente – SP
10/11/2012 – Show em Jundiaí – SP
10/11/2012 – Show de Osasco – SP
14/11/2012 – Show em Santo Inácio – PR

“Quem Ama Não Deixa de Amar” no TOP 100

No site Hot100Brasil consta a lista das 100 músicas mais tocadas no Brasil, entre elas “QUEM AMA NÃO DEIXA DE AMAR” da banda Calypso em parceria com Amado Batista.